Províncias

Água potável chega à Quilenda

Casimiro josé| Quilenda

Um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável está a ser construído no município da Quilenda, Kwanza-Sul, no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, anunciou sábado a administradora municipal, Maria Gamboa Monteiro.

Um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável está a ser construído no município da Quilenda, Kwanza-Sul, no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, anunciou sábado a administradora municipal, Maria Gamboa Monteiro.
As obras, a serem executadas por uma empresa chinesa, ficam concluídas em três meses. Maria Monteiro disse que o actual sistema não satisfaz as necessidades dos habitantes da sede e arredores.
Maria Monteiro garantiu que depois de pronto o sistema de captação e distribuição de água, o impacto vai ser imediato, principalmente no tocante à saúde das pessoas, que hoje consomem água das cacimbas e riachos.
A administração municipal da Quilenda concebeu um plano para 2011, contemplando projectos que incidem na reabilitação e construção de infra-estruturas sociais.
Das acções em curso, algumas em fase conclusiva, constam a ampliação da casa protocolar da administração municipal, reabilitação e ampliação da maternidade, construção da cozinha do centro de saúde, vedação do centro de saúde do município e reabilitação da repartição local da Saúde.
Outras acções que constam no programa para este ano económico estão ligadas à reabilitação dos postos de saúde de Cassussua e Mucuso e a construção de uma casa mortuária na sede municipal.
A rede sanitária em funcionamento no município é composta por um centro de saúde de referência, uma maternidade, três postos de saúde públicos e oito postos privados. O corpo clínico é constituído por duas médicas e 48 enfermeiros. Quanto ao sector da Educação, a administradora disse que faltam escolas e professores.  

Tempo

Multimédia