Províncias

Alfabetizadores recebem formação

Victor Pedro | Sumbe

Um total de 50 formadores e supervisores municipais, inscritos no programa de alfabetização e aceleração escolar (PAAE), estão, desde terça-feira, no município do Sumbe a frequentar um seminário de formação, no âmbito da reforma educativa para o ensino de adultos.

Um total de 50 formadores e supervisores municipais, inscritos no programa de alfabetização e aceleração escolar (PAAE), estão, desde terça-feira, no município do Sumbe a frequentar um seminário de formação, no âmbito da reforma educativa para o ensino de adultos.
Durante a formação vão ser abordados temas como a dinâmica metodológica das classes de aceleração, a utilização dos manuais para alfabetizar, o papel do professor e do aluno nas classes de aceleração, o registo matemático a partir de situações concretas do quotidiano, o papel do supervisor e a importância da orientação pedagógica.
O chefe do departamento nacional para o ensino de adultos, Alberto Sobrinho, disse que a formação visa aumentar os conhecimentos que muitos formadores já possuem, para poderem adequar os mesmos às novas metodologias de ensino. Além disso, os participantes vão ser submetidos a duas formações: uma, correspondendo ao módulo I, para os alfabetizadores do período matinal, e o módulo II, para professores do período da tarde.
A abertura do seminário foi presidida pelo chefe de departamento para área de ciência e tecnologias,  Cipriano Alves Sardinha,   em representação do director provincial da Educação, Pedro José Sabino Veríssimo, que considerou a acção formativa como uma base destinada a assegurar competências sobre as aprendizagens modulares do programa de alfabetização e aceleração escolar.

Tempo

Multimédia