Províncias

Alunos submetidos a teste de avaliação no Cuanza Sul

Victor Pedro | Sumbe

Alunos do I e II ciclos de ensino secundário do Cuanza Sul que participam  nas quartas Olimpíadas de Matemática fizeram no sexta-feira, no Sumbe, o teste para o apuramento dos seis que disputam a pré-época provincial que dá acesso à fase nacional.

O teste da terceira etapa da fase provincial, uma prova escrita, foi monitorizado por quatro júris locais seleccionados pela Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, cujo director
disse que as olimpíadas estimulam os alunos a aplicarem-se nos estudos, o que faz que dominem melhor não apenas a matemática, mas outras disciplinas.
Francisco Figueiredo Júnior salientou que “a matemática esta presente no processo de evolução da humanidade, fazendo parte das estratégias das acções que lidam com ambiente e outros instrumentos que explicam o surgimento de fenómenos da natureza e da sua própria existência”. “A importância da matemática está ligada às grandes realizações, quer na escola, no trabalho e deslocações, quer no tempo e nas brincadeiras, o que a impede de a dissociar da vida do homem”, referiu.
O director provincial da Educação declarou  que “o concurso, além de ser um grandes desafio na área do saber”, se destina a levar os professores a encararem a matemática como “uma disciplina ao alcance de qualquer aluno, desde que se aplique”.
Francisco Figueiredo Júnior  disse esperar que entre os vencedores da fase nacional haja alunos do Cuanza Sul, o que dignificava a província, mas para “isso é preciso maior envolvimento dos participantes”.

Tempo

Multimédia