Províncias

Apoio garantido para projecto agropecuário

Casimiro José | Wako Kungo

O projecto agropecuário Aldeia Nova vai receber, em breve, cerca de 36 milhões de dólares de um fundo denominado Vital Capital Found, criado para revitalizar as acções das estruturas do empreendimento. A informação foi prestada na sexta-feira no Waco Kungo, município da Cela, pelo seu administrador, Isaías Luciano, no acto de tomada de posse dos corpos gerentes da nova Sociedade de Gestão da Aldeia Nova.

O projecto agropecuário Aldeia Nova vai receber, em breve, cerca de 36 milhões de dólares de um fundo denominado Vital Capital Found, criado para revitalizar as acções das estruturas do empreendimento. A informação foi prestada na sexta-feira no Waco Kungo, município da Cela, pelo seu administrador, Isaías Luciano, no acto de tomada de posse dos corpos gerentes da nova Sociedade de Gestão da Aldeia Nova.
“Para o financiamento das acções, foi criado o Vital Capital Found, que vai desembolar um valor global de 36 milhões de dólares, sendo entregues dez milhões, numa primeira fase, e 26, nas fases seguintes”, reforçou.
A nova gestão do projecto vai encarregar-se da regularização de todos os activos e devolver a esperança às cerca de 600 famílias, beneficiárias directas do projecto.
Fazem parte da nova gestão os institutos de Desenvolvimento Agrário (IDA), com 15 por cento, e do sector Empresarial Privado (ISEP), com 23. A Gesterra e Vital Found detêm 41 por cento.
A nova sociedade tem como director-geral Baiuca Farber, do Vital Found, e José Carlos, da Gesterra, assume o cargo de director-geral adjunto. Jorge Marques, também da Vital Found, é o administrador para a área financeira.
O  projecto dá lugar a uma empresa com novo modelo de gestão.

Tempo

Multimédia