Províncias

Assistência médica reforçada

Casimiro José | Seles

O administrador do município do Seles, João Daniel Nunes, inaugurou um posto de saúde e casa do enfermeiro, na comunidade de Chinendele, Kwanza-Sul, no âmbito das comemorações do 38.º aniversário da Independência Nacional.

Inaugurado mais um posto de saúde no âmbito do Dia da Independência Nacional
Fotografia: Casimiro José|Seles

Construídos no âmbito do programa dos cuidados primários de saúde, os empreendimentos custaram aos cofres do Estado 24 milhões de kwanzas.
O posto de saúde vai prestar serviços de medicina, pediatria, assistência materno-infantil e farmácia e vai abranger um universo de 3.235 habitantes da comunidade de Chinendele e de mais oito comunidades, nomeadamente, Chongololo, Utomba, Galeia, Cayombo I e II, Chicuco e Gumba.
Segundo o administrador municipal do Seles, a concretização do projecto traduz a aposta da administração municipal em aproximar os serviços da saúde das comunidades.
“A concretização do projecto de construção deste posto de saúde enche-nos de alegria, porque vai propiciar um atendimento mais digno às nossas populações, que antes tinham de percorrer longas distâncias para serem assistidas”, disse.
As autoridades tradicionais da região reconheceram os esforços empreendidos pela administração municipal na solução dos problemas e pediram mais enfermeiros para responderem à procura.
“Estamos satisfeitos porque a partir de hoje contamos com um posto de saúde bem equipado, mas também pedimos às nossas autoridades para aumentarem o número de enfermeiros, para que não falhe o atendimento sempre que um se ausente.”
No âmbito das festividades de 11 de Novembro, o administrador do Seles procedeu à inauguração de mais um posto de saúde na aldeia de Moma da Banza. O referido empreendimento vai abranger um universo de 5.035 pessoas do bairro e outras comunidades.

Tempo

Multimédia