Províncias

Aumento de casos de lepra está a preocupar as autoridades

As autoridades sanitárias do Kw­anza-Sul detectaram, no período de um de Janeiro a 23 de Fevereiro, 74 novos casos de lepra nas aldeias de Cambongo e nas margens do rio Keve, comuna da Pambangala, município do Kassongue.

Mais casos de lepra em Kassongue
Fotografia: Rogério Tuti

As autoridades sanitárias do Kw­anza-Sul detectaram, no período de um de Janeiro a 23 de Fevereiro, 74 novos casos de lepra nas aldeias de Cambongo e nas margens do rio Keve, comuna da Pambangala, município do Kassongue.
Segundo Almeida João Cativa, director do Centro hospitalar no Kassongue a situação preocupa as autoridades, na medida em que houve um aumento de mais de 30 casos em relação a igual período do ano anterior (2010).
Face à situação, as autoridades sanitárias criaram equipas de activistas com o objectivo de acompanhar a medicação e a evolução do estado de saúde dos pacientes abrangidos. “Estamos a realizar campanhas de sensibilização junto das referidas comunidades sobre as formas de prevenção, contágio e tratamento, para que a população esteja informada sobre o risco e as consequências da doença”, disse, augurando que a população acate os conselhos dados.
Além das campanhas começaram a ser realizados nas referidas aldeias testes de HIV/Sida, tendo sido diagnosticados 12 casos, que estão a merecer a atenção dos serviços de saúde.

Tempo

Multimédia