Províncias

Autoridades reforçam os cuidados da educação na primeira infância

Engrácia Camilo | Sumbe

A presidente da Rede do Programa de Educação para Todos (EPT), Inácia Eduardo, defendeu, na cidade do Sumbe, uma particular atenção de todos os parceiros sociais, para que se imprima maior esforço na melhoria da educação e cuidados na primeira infância.

Aceleração escolar abrange idosos
Fotografia: Fernando Camilo

A presidente da Rede do Programa de Educação para Todos (EPT), Inácia Eduardo, defendeu, na cidade do Sumbe, uma particular atenção de todos os parceiros sociais, para que se imprima maior esforço na melhoria da educação e cuidados na primeira infância.
A responsável, que falava em torno das comemorações alusivas à Semana Mundial do Direito à Educação, sob o lema “Educação e cuidados na primeira infância”, considerou de positivo o envolvimento das autoridades administrativas, religiosas e da sociedade civil nas campanhas sobre esta problemática. Inácia Eduardo realçou os apoios, do ponto de vista moral e material, que têm contribuído para que se registem melhorias significativas e indicadores promissores nesta árdua tarefa.
A presidente da rede disse que, fruto de vários esforços do Executivo, se tem verificado uma certa melhoria na qualidade da educação, de um modo geral. Por isso, apela para que se envidem esforços com vista à melhoria da educação e cuidados na primeira infância.
Inácia Eduardo disse que as comunidades rurais e urbanas estão a aderir em massa ao projecto da rede, mas a grande contrariedade prende-se com a falta de espaços.
Para inverter este quadro, anunciou a construção de jangos comunitários, no próximo ano, no sentido de facilitar a inclusão de mais cidadãos no processo de alfabetização.
A responsável referiu que, enquanto período fundamental para o desenvolvimento humano, a educação e cuidados na primeira infância são essenciais para se assegurar os direitos da criança, através de bons investimentos, em termos de aperfeiçoamento individual e nacional.
O director provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), Correia Palanca Bongue, destacou os 11 compromissos da criança assumidos pelo Executivo, como passos para a inclusão social dos menores, no concernente ao combate ao analfabetismo.

Aceleração escolar

O responsável apontou ainda a preocupação do Executivo quanto à criação de um subsistema de aceleração do sistema de ensino e aprendizagem, para as crianças com idade escolar avançada. Correia Bongue disse que é necessário envidar-se esforços no sentido da formação da criança, para que as gerações vindouras possam viver um futuro promissor.
A Rede do Programa de Educação para Todos é uma associação criada no espírito da declaração de Dakar, em 2008. A mesma faz advocacia pelo direito à educação para todos, no sentido de influenciar políticas que melhorem a qualidade da educação no país.

Tempo

Multimédia