Províncias

Bairros mais recônditos já têm rede de telemóvel

Adolfo Mundombe | Menga

Os moradores do sector da Menga, município de Cassongue, Kwanza-Sul, e parte das comunas de Luvemba, Bailundo e Londuimbali, do Huambo, têm, desde ontem, rede móvel da Unitel.

Os moradores do sector da Menga, município de Cassongue, Kwanza-Sul, e parte das comunas de Luvemba, Bailundo e Londuimbali, do Huambo, têm, desde ontem, rede móvel da Unitel.
O responsável técnico da operadora no local, Manuel Costa, garantiu que, nos próximos dias, as localidades do Cruzamento, Menga, Dengue, Chitue, município de Cassongue (Kwanza-Sul), e as localidades da Vila Franca do Keve e a Missão Católica do Janjo, município do Bailundo (Huambo), vão ter igualmente os seus problemas de comunicação por telemóvel resolvidos.
Para facilitar o contacto, a antena principal foi montada no sector comunitário da Menga e vai cobrir também algumas áreas do município do Cassongue e as zonas periféricas do município do Waku Kungo, explicou o responsável.
O sinal vai beneficiar mais de cinco mil habitantes da comuna de Pambangala, constituída maioritariamente por camponeses.
O administrador comunal da Menga, Estêvão Lungala, louvou a iniciativa e disse que o sistema vai melhorar a vida dos moradores daquela zona, bem como facilitar os seus negócios.
“Estamos contentes e esperamos que a expansão da rede telemóvel aconteça em todos os cantos da comunidade para facilitar o intercâmbio com outras localidades da vizinha província do Huambo”, salientou o administrador.
Augusto Epandi, morador da aldeia de Tchissaca, mostrou-se igualmente satisfeito e disse que a rede móvel na zona também vai facilitar o contacto com familiares, parentes e amigos que se encontram fora daquela localidade.
O morador espera que a expansão destes serviços  sirva de  incentivo para os empresários do ramo invistam mais na localidade, contribuindo no  seu desenvolvimento.

Tempo

Multimédia