Províncias

Camponeses aumentam extensão de áreas de cultivo de bens agrícolas

 No âmbito da campanha agrícola 2009/2010, camponeses do município da Kibala, Kwanza-Sul, estão a preparar 19.887 hectares de terras aráveis, uma superfície de cerca três mil hectares maior do que a cultivada na época passada.

Com o alcance da paz, intensificou-se a actividade agícola em toda a extensão do território nacional
Fotografia: Jornal de Angola

No âmbito da campanha agrícola 2009/2010, camponeses do município da Kibala, Kwanza-Sul, estão a preparar 19.887 hectares de terras aráveis, uma superfície de cerca três mil hectares maior do que a cultivada na época passada.
O chefe da Secção Municipal da Agricultura na Kibala, Job Bandeira, disse que dos hectares previstos, 500 são do Programa de Extensão Rural e 3.933 pertencem ao sector privado. Os outros 15.454 destinam-se a camponeses tradicionais.
O responsável anunciou que vão ser empregues 3,3 milhões de kwanzas para a preparação das terras.
“Perspectivamos, no próximo ano agrícola, produzir 35.900 toneladas de produtos diversos, pelo o sector privado, 72.846 toneladas pelos camponeses e 108.748 toneladas pelo Programa de Extensão Rural”, disse.
Agricultores e camponeses vão produzir na presente campanha milho, mandioca, feijão, jinguba, batata-doce e rena, abacaxi e banana.
Durante a campanha agrícola de 2008­­/­2009 foram cultivados 15.301 hectares.
O município da Kibala tem como actividade principal a agricultura.

Tempo

Multimédia