Províncias

Camponeses do Amboim preparados para a colheita

Casimiro José|Gabela

A primeira época da campanha agrícola 2013|2014 no município do Amboim, que começa em breve, tem participação de 37 mil famílias camponesas, revelou o chefe da Repartição da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Famílias organizadas em cooperativas trabalham nas terras preparadas para o cultivo
Fotografia: Jornal de Angola

Pascoal Miranda disse que dez mil daquelas famílias, organizadas em 17 cooperativas e 145 associações, vão trabalhar em 18 mil hectares preparados para o cultivo de cereais, leguminosas e tubérculos, mas que está “preocupado com o pouco apoio em sementes melhoradas, instrumentos de trabalho e fertilizantes para garantir melhores resultados na campanha”.
Devido à falta de apoio técnico da Mecanagro, afirmou, no Amboim a agricultura é trabalhada manualmente e a formação teórica das famílias camponesas é garantida por técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário e da brigada técnica de café.
“Nas formações de rotina realizadas nas comunidades são ensinadas aos responsáveis das cooperativas e associações de camponeses técnicas sobre aplicação de preços, planeamento de actividades, assistência aos solos, modelo de assistência técnica nas cooperativas e mecanismos de poda e colheita do café”, disse.
 A formação, realçou, tem surtido os efeitos desejados a avaliar pela quantidade e qualidade das colheitas. Pascoal Miranda referiu ser importante aumentar do número de técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário e da brigada técnica do café para poderem actuar em mais comunidades.

Tempo

Multimédia