Províncias

Centenas de casos foram registados

Carlos Alberto | Sumbe

O Instituto de Emergência Médica de Angola (INEMA) registou no Cuanza Sul no primeiro trimestre deste ano, 181 casos diversos, principalmente de obstetrícia, ginecologia e traumas causados por acidentes de viação.

Serviços de emergência possuem meios modernos que facilitam a assistência médica
Fotografia: Nilo Mateus

O porta-voz do INEMA naquela província disse ao Jornal de Angola que os casos causados por acidentes de trânsito foram registados nos municípios do Seles, Porto Amboim, Libolo, Conda, Cela e Sumbe que as vítimas receberam assistência vítimas receberam assistência no Hospital 17 de Setembro.
Ismael Graciano afirmou que os meios aéreos entregues recentemente ao INEMA facilitam ao apoio às vítimas de ­acidentes de viação e de outras doenças dos municípios mais distantes, o que permite salvar mais vidas. Os pacientes, cujo estado requer maiores cuidados médicos são encaminhados para os hospitais de referência de Benguela e Luanda.

Tempo

Multimédia