Províncias

Cooperativa pecuária de Camabatela conta com um novo elenco directivo

Marcelo Manuel | Camabatela

A Cooperativa Pecuária do Planalto de Camabatela, integrada por criadores de gado das províncias do Kwanza-Norte, Uíge e Malange, tem um novo elenco directivo composto por 24 membros efectivos e seis suplentes. A  Cooperativa tem na direcção Rui António da Cruz, enquanto os conselhos fiscal e consultivo são encabeçados por Mário Alberto Machado e Joana Lina.

A cerimónia de tomada de posse aconteceu numa das unidades hoteleiras do município
Fotografia: Nilo Mateus | Ndalatando

A Cooperativa Pecuária do Planalto de Camabatela, integrada por criadores de gado das províncias do Kwanza-Norte, Uíge e Malange, tem um novo elenco directivo composto por 24 membros efectivos e seis suplentes. A  Cooperativa tem na direcção Rui António da Cruz, enquanto os conselhos fiscal e consultivo são encabeçados por Mário Alberto Machado e Joana Lina.
A cerimónia de tomada de posse aconteceu numa das unidades hoteleiras da vila de Camabatela, sede municipal de Ambaca, Kwanza-Norte, onde José Mateus de Adelino Peixoto assumiu a presidência da Mesa da Assembleia-Geral, em substituição de Pedro Canga.
Foram empossados para os cargos de vice-presidente da Mesa da Assembleia-Geral e secretario-geral, Eduardo Domingos Mulende e António Sampaio Manuel.
O projecto da Cooperativa Pecuária do Planalto de Camabatela caracteriza-se pela prestação de serviços aos seus sócios, nos casos particulares de assistência técnica, financeira e comercial, devendo igualmente intervir no processo de abate de carne bovina, caprina, ovina e suína.
De acordo com o projecto, constam também das suas atribuições a dinamização de uma rede de comércio rural para estimular a produção pecuária e dinamizar a produção agrícola, funcionando com empresas grossistas, que vão apoiar a rede retalhista dos seus sócios e particulares.
Outras áreas de actuação que vão ser materializadas futuramente pela cooperativa pecuária  do planalto são o seguro do gado e o crédito agrário, que podem ser de campanha e de curto prazo.Apesar de ter o foco principal das suas actividades na prestação de serviços aos seus membros, a Cooperativa Pecuária do Planalto de Camabatela deve assegurar, igualmente, a sua participação em alguns negócios que, situando-se na fileira do processo produtivo em que se integra a produção da carne bovina, permita ter o controlo dos preços e a qualidade dos produtos.

Tempo

Multimédia