Províncias

Docentes aumentam na vila do Seles

Victor Pedro| Sumbe

Um total de 166 novos professores do ensino primário e do primeiro ciclo secundário, no município do Seles, que ingressaram para o ramo da educação através do provimento de vagas para o quadro docente, através de concurso público, participaram recentemente numa formação de capacitação pedagógica.

Com o recrutamento de mais professores muitos alunos são enquadrados no ensino
Fotografia: Victor Pedro

Um total de 166 novos professores do ensino primário e do primeiro ciclo secundário, no município do Seles, que ingressaram para o ramo da educação através do provimento de vagas para o quadro docente, através de concurso público, participaram recentemente numa formação de capacitação pedagógica.
O seminário decorreu no ginásio da escola do Iº ciclo secundário, na sede do município, com uma duração de cinco dias e foi promovido pelo núcleo municipal para o ensino pedagógico.
A acção formativa visou dotar os docentes sobre conhecimentos ligados aos princípios didácticos e normas psico-pedagógicas, de modo a servirem de ferramentas fundamentais no exercício das suas actividades e garantir um ensino com qualidade e exemplar.
Aos novos docentes foram ainda ministradas matérias como “metodologia do ensino da língua portuguesa, de matemática, das ciências, estudo do meio, educação física, musical, manual plástica, plano de aula, prevenção do VIH/Sida, acidentes com minas, princípios pedagógicos, qualidades do professor”, entre outros.
No encerramento do seminário o administrador municipal do Seles, Rui Feliciano Miguel, reconheceu o esforço do Ministério da Educação em incluir, no pacote de acções para este ano, o aumento de mais quadros para o sector, bem como a sua capacitação pedagógica. "Temos de reconhecer os esforços do Ministério da Educação, no tocante ao aumento de mais professores e ao mesmo tempo criar as condições para a sua formação pedagógica, de modo a responderem às exigências impostas neste milénio, nomeadamente a de oferecer à futura geração qualidade de ensino compatível com os padrões universais", frisou.
Rui Feliciano Miguel acrescentou que a educação e ensino moldam a criança com conhecimentos habilidosos nos domínios tecnológico e científico. Para ele "não há desenvolvimento sem um ensino seguro e com professores dotados de instrumentos teóricos e práticos para os aplicar". De recordar que com o ingresso de mais 166 novos professores o município do Seles conta, actualmente, com um total de 929 professores de ambos os subsistemas, o que vai diminuir de forma significativa as carências que se faziam sentir no sector.
Em termos de escolas o município conta com 39 estabelecimentos, sendo 32 do ensino primário, 6 do Iº ciclo do ensino secundário e uma do II ciclo secundário. De acordo com a secção municipal da educação, no município foram matriculados 31 mil e 476 alunos para este ano lectivo. Mais de 10 mil alunos estão fora do sistema de ensino, número que preocupa a secção municipal do Seles da Educação.

Tempo

Multimédia