Províncias

Educação moral exige empenho

O director do Instituto Nacional da Criança (INAC), na província do Kwanza-Sul, David Domingos, defendeu, sábado, na cidade do Sumbe, maior engajamento dos pais e da sociedade na educação moral das crianças, para contribuírem para a sua formação académica e desenvolvimento do país.

O director do Instituto Nacional da Criança (INAC), na província do Kwanza-Sul, David Domingos, defendeu, sábado, na cidade do Sumbe, maior engajamento dos pais e da sociedade na educação moral das crianças, para contribuírem para a sua formação académica e desenvolvimento do país.
Num pronunciamento na escola 2 de Março, localizada no bairro Chingo, David Domingos referiu que “há pressupostos que devem ser cumpridos visando o respeito e dignidade da criança, assim como a observância dos 11 compromissos assumidos pelo governo angolano e seus parceiros para com os petizes”.
Pediu aos pais para preservarem os direitos das crianças, evitando a violência infantil e proporcionando-lhes um crescimento harmonioso.

Terras aráveis
/>Mais de oitenta e sete hectares de terras aráveis foram preparados na comunidade de Cachoeira da Binga, município da Conda, província do Kwanza-Sul, por uma cooperativa agrícola de ex-militares no quadro do fomento e diversificação da produção.
O responsável da Associação dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Mário Vidal, disse, domingo, que para o início da produção agrícola a cooperativa aguarda por um micro-crédito no valor de 700 mil kwanzas.
“A cooperativa vai receber nos próximos dias setecentos mil kwanzas, para iniciar a produção agrícola, que serão reembolsados num período de cinco anos”, explicou, adiantando que, além das chuvas, esperam instalar um sistema de irrigação.

Tempo

Multimédia