Províncias

Escola superior no Sumbe ganha mais um cyber-café

Victor Pedro | Sumbe

O Instituto Superior de Ciências de Educação do Sumbe (ISCED), na província do Kwanza-Sul, beneficia, desde quarta-feira, de um cyber-café, no quadro do projecto de expansão dos serviços de Internet, adoptado pela instituição.

O Instituto Superior de Ciências de Educação do Sumbe (ISCED), na província do Kwanza-Sul, beneficia, desde quarta-feira, de um cyber-café, no quadro do projecto de expansão dos serviços de Internet, adoptado pela instituição.
A decana do ISCED, no Sumbe, Amélia Sakongo, disse que o cyber-café, equipado com 22 computadores, vai funcionar em três períodos, para abranger os três turnos dos estudantes.
A responsável do ISCED apelou aos utilizadores no sentido de manusearem os equipamentos com sentido de responsabilidade, permitindo que os estudantes estejam em contacto permanente com as tecnologias de informação.
A melhoria da qualidade de elaboração dos trabalhos científicos dos estudantes do ISCED é outra vantagem da instalação dos serviços da Internet no Instituto Superior das Ciências de Educação do Sumbe. “O cyber-café hoje inaugurado constitui um espaço que vai colmatar a carência que existia no seio dos estudantes, no que toca à busca de conhecimentos e informações actualizadas, por falta de fontes bibliográficas nas várias bibliotecas locais e do país”, frisou.
Casimiro Kiteculo, estudante do curso de Matemática, afirmou que é oportuna a abertura do cyber-café no ISCED, porque vai dinamizar os trabalhos elaborados pelos estudantes. Emanuel Filipe, estudante do curso de História, assegurou que há muito se esperava por um serviço que facilitasse o acesso às novas tecnologias de informação.

Tempo

Multimédia