Províncias

Exortados a construir identidade profissional

Casimiro José | Cassongue

Professores dos vários subsistemas de ensino do município de Cassongue, na província do Kwanza-Sul, foram exortados para primarem pela construção de uma carreira docente, com vista à sua identificação profissional.

Os professores devem investir na sua identidade e inovação profissional
Fotografia: Jornal de Angola

A exortação foi feita pelo director da escola do I e II ciclos de Cassongue, Arcanjo Alfredo, durante uma palestra realizada nas instalações do Magistério Primário, por ocasião do Dia do Educador, assinalado sexta-feira. Arcanjo Alfredo afirmou que o processo docente-educativo deve ser acompanhado de mecanismos que permitam potenciar os professores que exerçam a profissão com profissionalismo.
 “O professor deve investir seriamente na sua identidade e inovação profissional, para possuir competências necessárias às exigências actuais e do futuro”, sublinhou. O director acrescentou que a formação de professores, como sendo uma função social e flexível, deve ser feita com responsabilidade e com meios adequados, para que haja garantia de um processo de transformação do homem.
Alfredo Arcanjo defendeu que a inadequação salarial, que se verifica entre os professores da mesma categoria e qualificação académica não deve esmorecer o seu trabalho. “Há estas e outras situações, mas não pode isso fazer com que muitos profissionais da classe releguem o profissionalismo para segundo plano”, frisou.  Outros desafios apontados por Alfredo Arcanjo têm a ver com a necessidade de se quebrarem os fenómenos que concorrem para a desvalorização do professor, como a incerteza, alienação, declínio da ética docente e outros vícios que descaracterizam a profissão.

Tempo

Multimédia