Províncias

Expansão do ensino superior

Manuel Tomás | Sumbe

Um Instituto Superior Politécnico foi aberto no fim-de-semana na vila de Porto Amboim, tornando-se no primeiro estabelecimento de ensino superior privado a surgir na localidade.

Estudantes universitários com mais opções
Fotografia: Nilo Mateus

 O Instituto tem já inscritos 600 estudantes nos cursos de Pedagogia, Direito, Engenharia Informática, Contabilidade e Gestão, Electrónica e Telecomunicações nos períodos regular e pós-laboral. Conta com 14 salas de aula, laboratórios de Física e Química e um quadro de 19 professores angolanos.
O administrador de Porto Amboim, Domingos da Fonseca, saudou a instalação do Instituto e incentivou as instituições do ensino superior a apostarem no município e ajudarem a formar os jovens.
A vice-governadora do Kwanza-Sul, Maria de Lourdes Veiga, pediu à direcção do Instituto uma aposta séria em cursos técnicos que servem os vários empreendimentos económicos que estão a nascer no município.
Lourdes Veiga citou os grandes investimentos que o Executivo está a fazer no ramo petrolífero, como é o caso da Paenal, Herema e da Sonangol Distribuidora. “Hoje a província do Kwanza-Sul reúne condições materiais, humanas, financeiras e de infraestrutura que permitem a formação de quadros qualificados em várias áreas”, afirmou a vice-gorvernadora.
A província do Kwanza-Sul contava com duas instituições do ensino superior, o Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) e o Instituto Politécnico do Kwanza-Sul (ISPKS). Este ano, no ISCED, nos cursos de Psicologia, Pedagogia, História, Matemática e Geografia estão inscritos 1.362 estudantes regulares e 784 no período pós-laboral. Aos exames de acesso ao ISCED candidataram-se 3.534 estudantes para 360 vagas. No ano passado outros 245 estudantes defenderam os trabalhos de fim de curso.
Desde a sua criação em 2002, o Instituto Superior Politécnico do Kwanza-Sul já colocou no mercado de emprego 200 bacharéis nas especialidades de Zootecnia, Gestão Agrária, Enfermagem Geral, Agronomia e Contabilidade e Gestão. Em 2012 estudaram no Instituto Politécnico do Kwanza-Sul 1.­299 estudantes e neste ano académico tem disponíveis 330 vagas.

Tempo

Multimédia