Províncias

Falta de profissionalismo prejudica qualidade

Victor Pedro | Sumbe

A falta de trabalho de equipa numa redacção desincentiva a qualidade do produto final das matérias produzidas por um determinado órgão, afirmou, no Sumbe, capital da província do Kwanza -Sul, Restino Inácio, orador do tema “O jornalismo de investigação e regulação da comunicação”.

Restino Inácio (ao centro) falou também sobre a regulação da comunicação
Fotografia: Victor Pedro |Sumbe

A falta de trabalho de equipa numa redacção desincentiva a qualidade do produto final das matérias produzidas por um determinado órgão, afirmou, no Sumbe, capital da província do Kwanza -Sul, Restino Inácio, orador do tema “O jornalismo de investigação e regulação da comunicação”.
“É preciso sabermos que se não estivermos unidos, com redacções coesas e a trabalharmos em equipa, o produto final das matérias produzidas por determinado órgão será afectado”, reforçou.  
O também jornalista da Rádio Kwanza-Sul, que falava na terça-feira, por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, aconselhou os colegas de profissão a banirem a mentalidade de que consultar um inferior hierárquico pressupõe demonstração de incompetência.  Outro desafio apontado é a articulação entre os profissionais da comunicação social e as instituições. Segundo o orador, caso haja comunicação entre as partes, jornalista e as referidas instituições do Estado, será possível haver uma relação de empatia com as fontes de informação, como sendo o garante de uma parceria que produza informações credíveis.
Para Restino Inácio, o exercício do profissional de comunicação social não deve ser entendido como uma afronta ao governo, nem o jornalista deve engrenar em posições que demonstrem essa tendência.
Exortou os colegas a assumirem o protagonismo na garantia do prestígio da imagem dos órgãos que representem, salvaguardando uma informação objectiva e clara na senda do interesse público.
Outros componentes, como a iniciativa, criatividade, relacionamento entre os profissionais, estimulação e atitude, são ferramentas que podem, de forma significativa, mudar o actual quadro da situação que ainda se vive em muitas redacções dos órgãos de informação.

Tempo

Multimédia