Províncias

Famílias camponesas beneficiam de apoios

Casimiro José | Calulo

A Cooperativa Agrícola do Libolo, denominada Coop-Libolo está empenhada, desde 2009, no apoio técnico e de inputs agrícolas aos associados e à famílias camponesas da região, disse, na quarta-feira, ao Jornal de Angola, o seu responsável.

Responsável da cooperativa Coop-Libolo
Fotografia: Casimiro José | Calulo

A Cooperativa Agrícola do Libolo, denominada Coop-Libolo está empenhada, desde 2009, no apoio técnico e de inputs agrícolas aos associados e à famílias camponesas da região, disse, na quarta-feira, ao Jornal de Angola, o seu responsável.
A cooperativa, afirmou Fernando Sobral, tem vocação para o apoio agrícola, transformação de produtos agrícolas e futuramente pretende criar estruturas para a comercialização no meio rural.
Para concretizar os seus objectivos, a cooperativa conta com o financiamento do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA).
A cooperativa criou 30 postos de trabalho e dispõe de 18 tractores e alfaias, o que lhe permite responder às solicitações para a preparação de terras de outras associações e das famílias camponesas.
A cooperativa dedica-se a produtos de veterinária e a estabelecer de parcerias com empresas vocacionadas à agro-indústria. Fernando Sobral garantiu que a cooperativa apresenta indicadores de sucesso e, para consolidar os objectivos, está a instalar indústrias transformadoras no meio rural para permitir o processamento e conservação dos produtos locais, como óleo de palma, cereais e tubérculos.
Outra aposta da cooperativa é a de facilitar o acesso de crédito de campanha às famílias camponesas e associações, por meio de contactos com os bancos comerciais.

Tempo

Multimédia