Províncias

Hipopótamos devastam culturas

Casimiro José| Sumbe

Um grupo de quatro hipopótamos está a destruir produtos hortícolas de uma cooperativa com oito hectares, situada na aldeia da Cambala, alertou, segunda-feira, Eduardo Clemente, um responsável da associação.

Um grupo de quatro hipopótamos está a destruir produtos hortícolas de uma cooperativa com oito hectares, situada na aldeia da Cambala, alertou, segunda-feira, Eduardo Clemente, um responsável da associação.
Os animais estão localizados no rio Cuvele, a 11 quilómetros da sede municipal de Cassongue, e neste período procuram alimentos e destroem tudo o que se lhes apresenta pela frente, situação que está a preocupar os moradores da região.
Eduardo Clemente disse que a situação é preocupante e já provocou enormes prejuízos. “Investimos em fertilizantes, pesticidas, para além de dinheiro gasto na lavoura. Pedimos apoio às autoridades para que possamos recuperar o que gastamos”, afirmou.
O associado Baptista Catombela manifestou a sua tristeza pelos danos causados pelos hipopótamos. Segundo ele, os produtos estragados pelos animais estavam em condições para serem comercializados.
A aldeia da Cambala está localizada na comuna do Dumbi, município de Cassongue, Kwanza-Sul.

Tempo

Multimédia