Províncias

Homens na denúncia da violência doméstica

Victor Pedro | Sumbe

Pelo menos 189 casos de violência doméstica contra homens registaram-se entre Janeiro e Novembro na província do Kwanza-Sul, revelou no Sumbe a chefe de secção de atendimento e aconselhamento da Direcção da Família e Promoção da Mulher.

Chefe da secção de atendimento e aconselhamento da Família e Promoção da Mulher
Fotografia: Victor Pedro| Sumbe

Inácia Eduardo referiu que a denúncia de casos de violência de que são vítimas os homens reflecte uma significativa mudança de atitude destes, pois, disse, existem muitos casos de violência doméstica no anonimato.
A denúncia de casos de violência envolvendo homens deve-se à perda do preconceito destes, por um lado e, por outro, à divulgação da Lei Contra a Violência Doméstica, aprovada em Junho de 2011, através de palestras, workshops, seminários e outras iniciativas, referiu.
“O processo de difusão da lei tem permitido despertar a consciência da sociedade, contribuindo para a mudança de atitude por parte de muitas famílias”, referiu.
No período de Janeiro a Novembro deste ano, houve o registo de mais de 434 casos de violência doméstica, contra 323 em relação a igual período do ano passado, segundo Inácia Eduardo, destacando-se as agressões físicas, ofensas morais, fuga à paternidade e não cumprimento da mesada.
A responsável aconselhou a população a continuar a denunciar todos os casos de violência doméstica.

Tempo

Multimédia