Províncias

Hospital Municipal de Porto Amboim necessita de ortopedista e ginecologista

Manuel Tomás | Sumbe

O Hospital Municipal de Porto Amboim, com capacidade para internar 90 doentes, tem 21 médicos, mas necessita de especialistas em ginecologia e ortopedia, disse, ao Jornal de Angola, o director administrativo do estabelecimento.

O Hospital Municipal de Porto Amboim, com capacidade para internar 90 doentes, tem 21 médicos, mas necessita de especialistas em ginecologia e ortopedia, disse, ao Jornal de Angola, o director administrativo do estabelecimento.
José Quimuanga afirmou que o hospital municipal precisa de um médico ortopedista devido aos muitos acidentes de viação que se registam no eixo rodoviário Luanda/Sumbe e o bloco operatório de um aparelho de anestesia.
Além disso, referiu, há necessidade substituir o aparelho de RX, com capacidade insuficiente de suportar os casos de urgência que surgem diariamente.
O hospital de Porto Amboim, com serviços de urgência, radiologia, laboratório, medicina, pediatria, maternidade, farmácia e de estomatologia, além dos médicos, tem 51 enfermeiros.  A morgue está inoperante desde Setembro por incapacidade do gerador que alimenta o hospital.
A secção da maternidade, que “funciona sem sobressaltos de maior”, tem uma médica ginecologista/obstetra e regista diariamente entre oito e dez partos.
As autoridades locais, refira-se apostam no aumento de quadros e de infra-estruturas hospitalares para baixar o índice de mortalidade.  

Tempo

Multimédia