Províncias

Inaugurados Balcões BUE no Kwanza-Sul

Casimiro José | Cassongue

Os mnicípios de Cassongue e do Mussende, na província do Kwanza-Sul, passaram a dispor, no sábado, dos Balcões Únicos do Empreendedor (BUE), no quadro da política do Executivo de aproximar os serviços básicos das comunidades.

Com a entrada em funcionamento dos Balcões Único foram criados dezenas de postos de trabalho directos nos municípios
Fotografia: Fernando Camilo |

Os mnicípios de Cassongue e do Mussende, na província do Kwanza-Sul, passaram a dispor, no sábado, dos Balcões Únicos do Empreendedor (BUE), no quadro da política do Executivo de aproximar os serviços básicos das comunidades.
Os BUE dispõem cada de um gabinete para o coordenador, um guiché de atendimento público, área técnica, que abarca os serviços do regime especial de licenciamento e certificação de micro, pequenas e médias empresas (MPME).
Fazem ainda parte os serviços de registo e identificação civil, criminal e impostos, e ficheiro central de denominações sociais, além das áreas de registo comercial, comércio e segurança social, estando em negociações a instalação dos balcões do Banco de Poupança e Créditos (BPC), consignado no atendimento às solicitações dos requerentes.
Com entrada em funcionamento destes BUE, foram criados 61 postos de trabalho directos, sendo 25 para o Cassongue e 36 para o Mussende, que integram coordenadores, entidades das instituições representadas no BUE e funcionários. A administradora municipal do Mussende, Joaquina Gabriel, manifestou a preocupação pelo atraso da disponibilização dos serviços do Banco de Poupança e Crédito (BPC), o que considerou ser uma condicionante à prestação integral dos serviços do BUE. “Gostávamos que o Banco de Poupança e Crédito (BPC) edito disponibilizasse os seus serviços para que haja um funcionamento integral neste processo, que pudesse satisfazer as necessidades dos empreendedores, porque, sem o banco, as tramitações ficam encalhadas com a componente financeira, que é a principal para o arranque de qualquer iniciativa”, frisou.

Tempo

Multimédia