Províncias

Instituto Médio de Medicina cria núcleo no Wako Kungo

Casimiro José | Wako-Kungo

 A directora do Instituto Médio de Medicina (IMS) da província de Benguela, Isabel António, anunciou ontem, na cidade de Wako  Kungo, município da Cela, que a instituição está apostada na criação de núcleos  nos municípios de Benguela e Kwanza-Sul. 

 A directora do Instituto Médio de Medicina (IMS) da província de Benguela, Isabel António, anunciou ontem, na cidade de Wako  Kungo, município da Cela, que a instituição está apostada na criação de núcleos  nos municípios de Benguela e Kwanza-Sul.
O projecto visa dar resposta às necessidades de formação de técnicos na área de saúde, disse Isabel António, que falava à margem do acto de abertura do curso médio de medicina no Wako Kungo.
Isabel António reconheceu que a falta de núcleos para formação na área da saúde causou a fuga de muitos técnicos da província do Kwanza-Sul, que, na expectativa de continuarem a formação, deixaram as unidades hospitalares em que prestavam serviços para recorrerem às unidades de Benguela, onde se encontra instalado o instituto, o que provocou uma desproporção enorme entre as duas províncias, em termos de técnicos da saúde.
“Pensamos criar núcleos noutras localidades para darmos resposta aos anseios de muitos técnicos da saúde que carecem de formação técnicoprofissional nas diversas especialidades”. Disse Isabel António. Os núcleos permitem a formação dos técnicos básicos de saúde sem necessidade de abandonarem os municípios onde trabalham.
A directora do Instituto Médio de Medicina de Benguela acrescentou que foram criados núcleos nos municípios do Cubal e Bocoio e, agora, no Wako Kungo, cujas aulas arrancaram na passada segunda-feira, com a frequência de 259 alunos. Isabel António assegurou que o corpo docente e os laboratórios garantem uma formação técnica competente, à altura das exigências do mercado.
A directora do Instituto Médio de Medicina de Benguela pediu o envolvimento das autoridades municipais na criação das condições que garantam um ambiente propício para as aulas: “em qualquer processo de formação, as infra-estruturas condignas jogam um papel fundamental e, para isso, solicitamos um envolvimento maior das autoridades municipais para que a nossa aposta não seja comprometida”.
O núcleo do Instituto Médio de Medicina de Benguela no Wako Kungo forma técnicos de saúde.

Tempo

Multimédia