Províncias

Instituto Politécnico do Sumbe organiza III jornadas científicas

Carlos Baptista | Sumbe

O Instituto Superior Politécnico do Kwanza-Sul realiza, na cidade do Sumbe, de 22 a 23 de Setembro próximo, as suas terceiras jornadas científicas, para demonstrar o nível de independência e habilidades próprias do trabalho investigativo dos estudantes da instituição.

Universitários vão demonstrar habilidades
Fotografia: Jornal de Angola

O Instituto Superior Politécnico do Kwanza-Sul realiza, na cidade do Sumbe, de 22 a 23 de Setembro próximo, as suas terceiras jornadas científicas, para demonstrar o nível de independência e habilidades próprias do trabalho investigativo dos estudantes da instituição.
O director da instituição, Manuel Octávio Spínola, que anunciou a realização das jornadas técnico-científicas disse que têm como objectivo a consolidação da pesquisa como elemento auxiliador do processo de ensino e aprendizagem.
Octávio Spínola considerou que as jornadas se revestem de uma grande importância na integração das componentes docentes e de investigação que concorrem para a formação adequada dos estudantes.
Referiu que os trabalhos a apresentar pelos estudantes e docentes devem ser entregues em formato electrónico, em World, documento aberto, escritos em tipografia “times new roman”, a 12 pontos com espaçamento entre linhas 1-1,5 tamanho A4 (21 cm x 29.7 ) e margens de 2.5 cm por cada lado e o alinhamento dos parágrafos. A extensão máxima dos trabalhos é de dez páginas. “Os trabalhos podem estar escritos em português, espanhol ou inglês, mas nos casos de espanhol e português é preciso apresentar uma versão em inglês”, disse o director do Instituto Superior Politécnico.
As jornadas técnicas e científicas decorrem sob o lema “A ciência ao serviço do desenvolvimento da sociedade”. Os estudantes e professores vão reflectir sobre “a produção agrícola sustentável”, “produção animal”, “gestão empresarial no desenvolvimento económico regional”, “promoção da saúde como estratégia para a qualidade de vida no seio da comunidade” e o “papel da pedagogia para a elevação da qualidade no ensino universitário”.
Fazem também parte das jornadas científicas temas como “expressão verbal no apoio pessoal”, “integração, agricultura e pecuária como contribuição ao desenvolvimento sustentável, “planificação estratégica na perspectiva do desenvolvimento empresarial” e os “primeiros socorros para pacientes em situação de emergência”.
O Instituto Superior Politécnico da província do Kwanza-Sul ministra cursos de contabilidade e gestão, agronomia, zootecnia, gestão agrária e enfermagem.
Foi inaugurado em 2008 e já lançou para o mercado de emprego 135 bacharéis nas áreas de zootecnia, agronomia e gestão agrária.

Tempo

Multimédia