Províncias

ISCED com cursos de mestrado

Manuel Tomás | Sumbe

O Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) da Universidade Katyavala Bwila, no Kwanza-Sul, está a envidar esforços no sentido de criar condições, para abrir, até 2017, o primeiro curso de mestrado na referida área.

O ingresso de estudantes no Instituto Superior na província tem sido cada vez maior
Fotografia: Fernando Camilo|Sumbe

O Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) da Universidade Katyavala Bwila, no Kwanza-Sul, está a envidar esforços no sentido de criar condições, para abrir, até 2017, o primeiro curso de mestrado na referida área.
O projecto de instalação de mestrados em Ciências da Educação foi anunciado pelo reitor da Universidade Katyavala Bwila, Albano Ferreira, durante a inauguração do novo edifício, adstrito ao ISCED, construído de raiz e com 24 salas.
O académico acrescentou que, estas condições juntam-se aos esforços de criação do campus universitário, em construção na área dos ex-Carvalho, na comuna da Gangula, que vai dispor de salas de aulas, laboratórios, áreas pedagógica e administrativa, dormitórios, refeitório, parque de recreação, entre outras dependências.
Estes esforços de criação de cursos de mestrado visam contribuir para o crescimento do país, em geral, e do ISCED do Sumbe, no sentido de melhorar a qualidade dos professores.
O reitor da Universidade agradeceu o esforço do Executivo no incentivo e apoio ao ensino superior, sobretudo por ter inscrito a presente obra e outras de impacto social no Programa de Investimentos Públicos para a província do Kwanza-Sul.
Albano Ferreira referiu-se ao tempo em que o ISCED do Sumbe entrou em funcionamento, em 2000, como um pólo universitário, com 107 estudantes.  Volvidos sete anos, o ingresso de estudantes aumentou para 230 e a população estudantil era de cerca de 1.942 estudantes.
Sublinhou que, no presente ano, o ingresso aumentou para 670 e com o surgimento das novas instalações, a população estudantil pode aumentar para cerca de 4.543 estudantes.

O incentivo governamental

O governador do Kwanza-Sul, Serafim do Prado, disse que as autoridades estão empenhadas na construção de infra-estruturas sociais, sobretudo para a área do ensino, no sentido de facilitar o acesso dos jovens à frequência universitária.
Serafim do Prado sublinhou que, desde a criação do ISCED, o ingresso de estudantes tem sido cada vez maior, razão pela qual incentiva os jovens a dedicarem-se à aprendizagem, pautando-se por um ensino de qualidade. O empreendimento ora inaugurado, localizado no bairro do Chingo, foi construído em 11 meses e tem capacidade para albergar mais de mil estudantes.
O estabelecimento comporta biblioteca, sala de professores, laboratórios de física, química e biologia, consultório médico, coordenação, gabinetes, sala de informática, entre outros departamentos.
O ISCED do Sumbe da Universidade Katyavala Bwila, que pertence à segunda região académica, com sede em Benguela, lecciona os cursos de Pedagogia, História, Psicologia e Matemática.

Tempo

Multimédia