Províncias

Kwanza-Sul

O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Kwanza-Sul,Francisco de Figueiredo Júnior, pediu, no Sumbe, aos professores para se empenharem cada vez mais na melhoria do ensino, através da transmissão de conhecimentos com qualidade e eficácia.

Francisco Júnior salientou que a qualidade de ensino na província depende em grande medida da acção dos professores no processo educativo em curso no país, assim como da sua eficácia no exercício da actividade docente. Para tal,  disse o responsável, é igualmente necessário que os professores da província vejam na formação e profissionalização da actividade um dos seus principais desafios, com vista à sua valorização. O sector da Educação está em constante desenvolvimento, não só do ponto de vista da qualidade de infra-estruturas, mas também dos níveis profissionais dos professores, acrescentou. Para fazer face aos desafios actuais, foram formados na província do Kwanza-Sul 541 gestores escolares, 587 professores do programa de alfabetização e aceleração escolar, 1.002 alfabetizadores, além de 90 docentes, sobre os direitos humanos no contexto educativo.

Tempo

Multimédia