Províncias

Kwanza-Sul vai contar com centro de produção

Manuel Tomás| Sumbe

As obras do edifício onde vai funcionar o centro de produção da Televisão Pública de Angola (TPA) no Sumbe ficam concluídas antes do final do primeiro trimestre, garantiu o director provincial de Obras Públicas.

Imagens de acontecimentos ocorridos na província vão ser divulgadas com celeridade
Fotografia: Jornal de Angola

As obras do edifício onde vai funcionar o centro de produção da Televisão Pública de Angola (TPA) no Sumbe ficam concluídas antes do final do primeiro trimestre, garantiu o director provincial de Obras Públicas.
Osvaldo Braz deu a garantia no final da visita que o governador Serafim do Prado fez ao local onde está a ser erguido um edifício, com 24 salas, laboratórios de química, biologia e de informática e outras áreas, todas pertencentes ao Instituto Superior da Educação, afecto à Universidade Katyavala Bwila.
O director provincial afirmou que o governador se mostrou satisfeito com o andamento das obras na vala de drenagem do bairro da Assaca, que devem estar concluídas no terceiro trimestre e que vão minimizar o problema que se regista há longos anos na cidade do Sumbe, especialmente na época chuvosa, quando se registam inundações e as vias ficam intransitáveis.
Osvaldo Braz anunciou que a Odebrechet vai proximamente retomar os trabalhos paralisados há mais de um ano devido a crise financeira e cumprir um programa que se estende por quatro anos.
A empresa brasileira vai encarregar-se, na cidade do Sumbe, dos trabalhos das valas de drenagem, da construção de infra-estruturas integradas, da rede de energia eléctrica, de águas e de comunicação e da pavimentação de várias artérias.
A requalificação, referiu o director Osvaldo Braz, também abrange Porto Amboim e Gabela. Serafim do Prado visitou igualçmente as obras da segunda fase da Casa da Juventude, no bairro do Chingo, que comporta dormitórios, estruturas polidesportivas e piscina.

Tempo

Multimédia