Províncias

Mais adultos da Quibala nas aulas de alfabetização

Casimiro José | Quibala

O responsável da alfabetização no município da Quibala, Kwanza-Sul, José António Máquina, disse ontem que, durante 2010, aprenderam a ler e a escrever 2.372 adultos de ambos os sexos, através do programa de alfabetização e aceleração escolar (PAAE) e outros métodos praticados pelos parceiros sociais que operam na região.

Cada vez mais adultos frequentam as aulas de alfabetização organizadas nos municípios
Fotografia: Kindala Manuel

O responsável da alfabetização no município da Quibala, Kwanza-Sul, José António Máquina, disse ontem que, durante 2010, aprenderam a ler e a escrever 2.372 adultos de ambos os sexos, através do programa de alfabetização e aceleração escolar (PAAE) e outros métodos praticados pelos parceiros sociais que operam na região.
José António Máquina disse ao Jornal de Angola que o processo de alfabetização envolveu 107 alfabetizadores e decorreu nas comunidades onde a Associação Angolana para Educação de Adultos (AAEA), através do método reflect, alcançou a cifra maior de pessoas alfabetizados.
O responsável da alfabetização afirmou que as populações aderiram em massa, mas a grande contrariedade foi da falta de espaços, principalmente no meio rural. Para resolver a situação está em carteira, para o próximo ano, a construção de jangos comunitários, para facilitar a inclusão de mais cidadãos no processo de alfabetização.
O responsável pela alfabetização na Quibala considera positivo o envolvimento das autoridades administrativas, religiosas e da sociedade civil, que deram apoio moral e material, que, segundo ele, “fizeram que com se registassem melhorias significativas, alcançando-se indicadores promissores”.
José Máquina convida, pois, todos actores a contribuírem para a erradicação do analfabetismo e a ajudarem o nosso país a alcançar as metas da conferência de Dakar, sobre educação.

Tempo

Multimédia