Províncias

Milhares de habitantes vão beneficiar de água

Carlos Bastos | Sumbe

Mais de 170 mil habitantes da cidade do Sumbe vão beneficiar, dentro dos próximos cinco anos, de abastecimento de á­gua potável, anunciou o director do sector, José Amaro Silva. O Programa Água para Todos  vai permitir que sejam feitas 14.160 ligações domiciliares.

Problema de água à cidade do Sumbe tem conhecido melhorias com a construção de tanques
Fotografia: João Gomes

Ao falar no quadro das comemorações do Dia Mundial da Água, assinalado domingo, José Amaro Silva disse que o projecto começou em Fevereiro de 2010, com o financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e do Executivo.
Com final previsto para Outubro, o programa está orçado em 2.900 milhões de kwanzas e obras estão adjudicadas a uma empresa portuguesa.
José Amaro Silva assegurou que a entrada em funcionamento dos sistemas de abastecimento de água do Sumbe visa a melhoria das condições socioeconómicas das populações, por constituir uma mais-valia, visto que no passado recente a população consumia água imprópria.
Os bairros das Salinas, Pindo, Carimba e da Pedra vão beneficiar de estações de tratamento de água e da construção de 200 novos chafarizes, para que a água chegue a toda a população com mais qualidade.
O problema do abastecimento de água à cidade do Sumbe tem conhecido melhorias, desde a construção de quatro tanques com capacidade de 15.500 metros cúbicos. Estes projectos terminam, ainda este ano, o que vai facilitar a distribuição domiciliar de água, referiu o responsável provincial.
O chefe de fiscalização da empresa Consulprojecto, Rui Alves Espanha Freire, sublinhou que o projecto está num ritmo acelerado e fica concluído em Outubro.

Tempo

Multimédia