Províncias

Milhares de idosos aprenderam a ler

Mais de 7.280 cidadãos, com idades compreendidas entre os 15 e os 45 anos, foram alfabetizados, de Janeiro a Junho do corrente ano, nos municípios do Seles e Cassongue, província do Cuanza Sul, pela Associação Cristã para o Combate à Droga, Alcoolismo e Nicotina em Angola (ACCDANA).

Em declarações ontem à Angop, o responsável da ACCDANA na província do Cuanza Sul, Silva João, adiantou que, durante os seis meses, os alfabetizados absorveram conhecimentos sobre a instrução escolar dos módulos I, II e III.
O responsável da Associação Cristã para o Combate à Droga, Alcoolismo e Nicotina em Angola referiu que houve um aumento de 1.200 alfabetizados, nesta primeira fase, em relação ao módulo de 2013, tendo em conta a participação dos cidadãos no processo de aprendizagem.
Explicou que os resultados da presente formação são positivos, pois houve um aproveitamento de 95,5 por cento.
Silva João disse que o programa contou também com o apoio de distintas igrejas, associações juvenis e autoridades tradicionais, que se empenham na recuperação do atraso escolar.
O processo de alfabetização, apontou o responsável da ACCDANA, foi assegurado por 221 alfabetizadores, distribuídos em 120 salas de aula.

Tempo

Multimédia