Províncias

Município do Seles precisa de professores

Manuel Tomás | Seles

O município do Seles, Cuanza Sul, necessita de mais de 190 professores, para a cobertura total das necessidades, já que existem dez mil alunos fora do sistema de ensino, facto que está a preocupar o Governo Provincial.

O chefe de repartição municipal da Educação, Paulo José Capamba, disse que, no corrente ano lectivo, frequentam as aulas 39.063 alunos, dos quais 17 mil são do sexo feminino, matriculadas da iniciação à sexta classe,  primeiro ciclo do ensino secundário magistério primário e ensino de adultos. O responsável da Educação frisou que, para superar a falta de professores está previsto o recrutamento de mais professores, tendo esclarecido que anteriormente as turmas eram constituídas por 80 alunos e, devido ao desdobramento adoptado no novo sistema de ensino, optou-se que cada turma deve ter no máximo, 45 educandos.
O chefe da Repartição Municipal do Seles da Educação deu a conhecer que  o Programa da Merenda Escolar vai beneficiar mais de mil alunos, de seis escolas do ensino de base regular.
Na província do Cuanza Sul foram abrangidas pelo Programa de Merenda Escolar 81 escolas, beneficiando mais de 31 mil alunos.
Paulo José Capamba defendeu a necessidade de se criar no município do Seles um núcleo do ensino superior, com vista a evitar que os estudantes que terminam o ensino médio se desloquem para outras áreas a fim de dar continuidade à sua formação académica.
“Este núcleo do ensino superior, uma vez constituído, beneficia estudantes dos municípios vizinhos, Conda, Cassongue e  Ebo”, disse o responsável da Educação, tendo acrescentado que no município do Seles, Cuanza Sul, existem mais de três mil alunos que já concluíram o ensino médio e aguardam a oportunidade de continuar a formação académica.

Tempo

Multimédia