Províncias

Nova escola da Conda serve dezenas de alunos

Carlos Bastos | Conda

Uma escola primária,  com capacidade para 270 alunos em dois turnos, foi inaugurada no bairro Valódia, município da Conda, província do Kwanza-Sul.

Moradores do bairro Valódia contam com nova instituição de ensino para 270 alunos
Fotografia: Carlos Bastos | Kwanza-Sul

Uma escola primária,  com capacidade para 270 alunos em dois turnos, foi inaugurada no bairro Valódia, município da Conda, província do Kwanza-Sul.
As obras tiveram uma duração de seis meses e foram financiadas pela Câmara Municipal de Almada, de Portugal, em parceria com o governo do Kwanza-Sul, no valor de 17 milhões de kwanzas.
A escola tem três salas, um gabinete administrativo, balneários, casas de banho e vai acolher alunos da iniciação à sexta classe.
O vice-governador do Kwanza-Sul para o sector Económico, Mateus de Brito, realçou que a escola vai facilitar a inserção de crianças da Conda que se encontravam fora do sistema normal de ensino.
Mateus de Brito encorajou a Câmara Municipal de Almada a continuar a trabalhar como parceira do Governo Provincial do Kwanza-Sul na área de educação, bem como no campo social.
 “Temos agora uma nova estrutura com três salas, com capacidade para 45 alunos por sala, isto constitui uma grande ajuda de Portugal na oferta de mais espaços escolares e na redução do número de crianças fora do sistema de ensino”, disse Mateus de Brito. No presente ano lectivo, o município da Conda tem 270 salas, 593 professores e foram matriculados nove mil alunos. Ainda estão fora do sistema de ensino três mil crianças.

Tempo

Multimédia