Províncias

Nova operadora melhora recolha do lixo da cidade

Manuel Tomás | Sumbe

A recolha e tratamento de resíduos sólidos, a nível da cidade do Sumbe, província do Kwanza-Sul, têm vindo a conhecer uma melhoria significativa nos últimos tempos, com a contratação pelo Governo de uma nova operadora.

Marcos da Silva, coordenador da Engevia, disse que a empresa dispõe de três compactadores, uma máquina de recolha do lixo, pá mecânica, camião basculante e outro material de suporte, como baldes plásticos e 16 contentores de cinco metros cúbicos.
A recolha passa a ser feita nos mercados, restaurantes e similares, bairros periféricos, armazéns e outros locais, para proporcionar um ambiente saudável aos munícipes.
Marcos da Silva referiu que, pela sua especificidade, o lixo hospitalar tem tratamento próprio e o depósito deste é feito num aterro sanitário localizado na periferia da cidade, indicado pela Administração Municipal do Sumbe. O Governo Provincial do Kwanza-Sul prevê, ainda, a colocação de incineradoras de lixo em todos os hospitais e em alguns centros de saúde, salientou o responsável da Engervia.
A Engervia, que também opera nas províncias de Luanda e Uíge, criou 84 novos postos de trabalho, número que pode aumentar nos próximos dias, garantiu Marcos da Silva.
A operadora garante vai procurar modernizar cada vez as formas de actução para melhorar a prestação de serviços.

Tempo

Multimédia