Províncias

Produção de maçã pode ser relançada

Casimiro José | Ebo

As autoridades administrativas do município do Ebo, na província do Cuanza Sul, apelam aos investidores nacionais e estrangeiros no sentido apoiar o relançamento, em grande escala, da produção da maçã.

Produção da maçã no Ebo é feita num espaço de seis hectares
Fotografia: Casimiro José|Edições Novembro


O administrador da circunscrição, Rui Feliciano Miguel, adiantou que o município possui áreas extensas e favoráveis para a cultura da maçã, que podem oferecer  oportunidades de exportação e atrair divisas para o país. O responsável destaca, para o efeito, a qualidade da espécie da maçã produzida na região.
“O nosso município possui terras férteis e propícias para a produção da maçã,  com uma qualidade própria e só faltam investimentos, que podem ser feitos pelo sector privado”, frisou Rui Miguel que reiterou o apoio institucional da administração nessa perspectiva.

Potencial sub-aproveitado

O responsável máximo do Ebo lembra que enquanto não surgem investidores, a única saída vai ser a constituição de associações e cooperativas, como ponto de partida para a obtenção  de créditos junto da banca comercial.
O director municipal da Agricultura do Ebo, José Luís, adiantou ao Jornal de Angola que a produção da maçã é tímida porque é praticada apenas por produtores individuais, e advogou a implantação de fazendas pelo empresariado nacional ou estrangeiro. “Temos a região da Chôa com um potencial enorme para a produção da maçã de qualidade, faltando apenas o melhoramento dos acessos”, garantiu.
José Luís sublinhou que actualmente a produção da maçã é feita num espaço global de seis hectares por falta de incentivos financeiros, mas também de uma aposta séria pelos empresários, que podem tirarem proveito dos solos férteis e clima propícios que garante a produção em grande escala. Outra preocupação do director da Agricultura tem a ver com as dificuldades que os produtores encontram na evacuação do produto para os mercados de maior consumo, como Luanda e outros, que poderia ser a forma de se fazer o marketing e atrair investidores.

Tempo

Multimédia