Províncias

Professores com mais conhecimentos

Carlos Bastos | Sumbe

Os agentes do ensino da província do Cuanza Sul vão dispor em breve de mais competências para ministrar as aulas nas classes iniciais, após um grupo destes técnicos participar na cidade do Sumbe, numa acção formativa sobre o “projecto aprendizagem para todos”.

Agentes vão dispor de mais competências para ministrar as aulas nas classes iniciais
Fotografia: Fernando Camilo | Sumbe

Iniciado na segunda-feira, o seminário reúne, além de professores, directores municipais da Educação e de escolas do ensino primárias, inspectores e supervisores, coordenadores de zonas de influência pedagógicas e subdirectores pedagógicos de magistérios primários.
O encontro visa dotar os participantes de conhecimentos sobre os documentos orientadores da primeira avaliação da capacidade de leitura nas classes iniciais, melhorar as competências dos professores, a gestão das escolas nas áreas designadas do projecto e desenvolver um sistema de avaliação sistemática de alunos.
No seminário, que é uma promoção do Ministério da Educação, os participantes vão aprender ainda matérias sobre a eficácia na gestão escolar, envolvimento da comunidade educativa na gestão da escola, sistema de avaliação das aprendizagens dos alunos, programa de formação contínua de professores e como os docentes devem adquirir conhecimentos académicos e competências pedagógicas. Os participantes vão a­bordar igualmente temáticas que apelam aos professores a estarem sempre disponíveis para realizar o trabalho a nível da sala de aulas, garantindo um ensino eficaz para todas as crianças, adopção de estratégias de gestão escolar, com vista a melhorar a qualidade e a gestão do tempo na sala.
O director provincial da Educação no Cuanza Sul, Francisco de Figueiredo Júnior, disse que a expansão da oferta dos serviços educativos faz parte de um conjunto de acções implementadas com grande impacto, reflectidas no alargamento da rede escolar e no aumento de alunos e de professores.
Figueiredo Júnior sublinhou que o actual momento que o país vive obriga a que se dê outro passo, para se assegurar a oferta de serviços educativos de qualidade, permitindo a promoção do desenvolvimento humano e do bem-estar de todos os angolanos.
Nesse sentido, disse haver necessidade de se introduzirem melhorias na gestão escolar, na formação de professores, de modo que estes adquiriram competências específicas para o desempenho das suas funções nas salas de aulas e melhorem a qualidade das aprendizagens dos alunos.
O seminário vai ser levado para outras partes da província com vista a garantir que mais técnicos tenham acesso à formação. Assim, em breve o mesmo vai ser realizado nos municípios de Waco Cungo, Seles, Quibala e Quilenda.

Tempo

Multimédia