Províncias

Programa de apoio à juventude continua a criar postos de trabalho

Victor Pedro | Sumbe

Pelo menos, 514 pessoas do Kwanza-Sul beneficiam de acções de geradoras de rendimento, no quadro do programa do Governo “Crédito Jovem”, anunciou o director provincial da Juventude e Desportos.
 

Mais de 500 jovens receberam apoio e criaram empresas de prestação de serviço
Fotografia: Victor Pedro

Pelo menos, 514 pessoas do Kwanza-Sul beneficiam de acções de geradoras de rendimento, no quadro do programa do Governo “Crédito Jovem”, anunciou o director provincial da Juventude e Desportos.
 Manuel da Silva disse que, no âmbito do “Crédito Jovem”, foram disponibilizados mais de 450 mil dólares para 66 cooperativas de jovens.
  Os projectos “Despontar” e “Crédito Jovem”, lembrou, constam do programa do Governo de apoio à juventude, em curso desde 2006, que tem proporcionado oportunidades de trabalho, reduzindo os índices de pobreza, desemprego, delinquência e  uso do excessivo de bebidas alcoólicas.
  A par dessas acções, referiu, o Governo está a fomentar o auto emprego, através da oferta de kits profissionais – serralharia, mecânica e alvenaria -  a jovens habilitados.
  Manuel da Silva afirmou que “o programa de apoio à juventude, pela sua especificidade sectorial e concepção, deve englobar vários ministérios”, como o do Comercio, Indústria, Interior e ONG, entre outros actores sociais, “para que haja sinergias que facilitem o processo”. 
“Tenho recebido reclamações de jovens, que afirmam haver instituições que encerram cooperativas”, sob a alegação de não terem documentos para funcionarem como empresas”, disse, acrescentando:
 “É preciso que as instituições fiscalizadoras saibam diferenciar cooperativas das empresas do sector empresarial privado”. 

Tempo

Multimédia