Províncias

Província do Kwanza-Sul ganha rádio comunitária

Casimiro José | Sumbe

A província do Kwanza-Sul vai contar, em breve, com uma rádio comunitária, para melhor servir as zonas rurais.

Rádios comunitárias constituem um veículo preponderante nas comunidades rurais
Fotografia: Jornal de Angola

O interesse foi manifestado pela vice-governadora do Kwanza-Sul para o sector político e social, Maria Veiga, no final de um seminário sobre “Rádios Comunitárias”, realizado entre os dias 29 e 30 de Agosto, no Sumbe.
Na abertura do seminário, a vice-governadora do Kwanza-Sul para o sector político e social, Maria de Lourdes Veiga, realçou que é intenção do seu Governo avançar para a instalação de rádios comunitárias na região. A vice-governadora Maria Veiga, que representou o governador da província, garantiu que o Estado angolano tem aplicado o direito de informar e ser informado, consagrado na sua Constituição, o que alarga o exercício de cidadania nas comunidades. 
Por isso,  Maria Veiga referiu que as rádios comunitárias constituem um veículo preponderante nas comunidades rurais. Os órgãos de comunicação em geral têm merecido do Executivo uma atenção especial, por considerar que os debates  políticos, económicos e sociais passam através dos jornalistas.
A acção formativa, que decorreu sob o lema “Os benefícios das Rádios Comunitárias para o desenvolvimento social”, foi promovida pelo Ministério angolano da Comunicação Social e pelo Fundo das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). A acção formativa foi orientada por especialistas dos Bureau de Coordenação da UNESCO, baseados em Maputo, Libreville e Yaoundé.
Os participantes aprenderam matérias relacionadas com os “conceitos das rádios comunitárias” e “experiências da implementação das rádios comunitárias em Moçambique e no Mundo”.

Tempo

Multimédia