Províncias

Reabilitação das vias garante segurança

O director dos Transportes, Tecnologias de Informação, Correios e Telecomunicações do Cuanza Sul considerou “incomensuráveis” os ganhos da paz tendo destacado a construção e reabilitação de milhares de quilómetros de estrada no Cuanza Sul.

Com a construção de novas vias e a recuperação das antigas os automobilistas podem agora viajar para as províncias com mais segurança
Fotografia: Francisco Bernardo

Sebastião Daniel Neto disse que os ganhos nos 12 anos de paz “são incomensuráveis e estão à vista de todos”. Sublinhou que até ao dia 4 de Abril de 2002, o país estava destruído em termos de infra-estruturas, não tinha estradas, escolas, pontes, postos médicos em número suficiente e, acima de tudo, a própria unidade e coesão nacional foram postas em causa.
Em declarações à Angop, Sebastião Daniel Neto lembrou que o país está ligado de Luanda a todas províncias (excepto Cabinda por motivos geográficos), através das estradas nacionais e das capitais de província para os municípios.
O director dos Transportes, Tecnologias de Informação, Correios e Telecomunicações reconheceu que houve melhorias na província do Cuanza Sul, uma vez que foram recuperadas infra-estruturas em todos os sectores. Acrescentou que foram reabilitados e construídos milhares de quilómetros, o que permite hoje a circulação de forma livre e segura, de pessoas e mercadorias.
“A recuperação de infra-estruturas na nossa província sente-se em todos os sectores, mas o destaque recai nas estradas, porque tínhamos praticamente cortadas as ligações para os municípios”, disse. Tendo em conta os desafios do desenvolvimento sustentável do país, referiu Sebastião Daniel Neto, o Executivo tem estado a incidir as suas acções nas questões sociais com a execução do Programa de Desenvolvimento e Combate  à Pobreza, que tem contribuído para a melhoria do acesso à água, saneamento básico, educação, saúde, vias secundárias e terciárias.
“O Executivo a tem um programa ambicioso de combate à pobreza, no qual se pode notar a melhoria da qualidade de vida de muitas populações. O programa está ser levado a cabo pelas administrações municipais, na saúde, educação e outros serviços básicos, de modo a melhorar a vida da população”, disse Sebastião Daniel Neto.
 Muitas escolas e postos médicos estão a ser construídos em toda a província do Cuanza Sul, onde nunca existiram. De acordo com o director dos Transportes, Tecnologias de Informação, Correios e Telecomunicações do Cuanza Sul, a qualidade de atendimento melhorou e os professores estão a ser colocados nas zonas mais recônditas para transmitirem os seus conhecimentos aos alunos.
Dados do Instituto Nacional de Estradas (INEA) indicam que já foram reabilitados 925 quilómetros de estradas no Cuanza Sul e melhorou a fluidez e a segurança na circulação de pessoas e bens na região.

Tempo

Multimédia