Províncias

Reanimação neo-natal tema de acção formativa

Carlos Bastos| Sumbe

Profissionais da Saúde de todos os municípios do Cuanza Sul terminaram, no Sumbe, uma acção de formação de formadores de dois dias sobre reanimação neo-natal promovida pelo Ministério do sector e destinada a reduzir a mortalidade infantil.

A chefe de departamento da Saúde Pública do Cuanza Sul disse que a iniciativa se enquadrava no âmbito dos objectivos do milénio e que “o Ministério aposta cada vez mais na formação dos seus quadros para diminuir a mortalidade neo-natal sem recurso a medicamentos.
Maria Lucinga afirmou que os profissionais que os participantes no encontro têm a missão de ensinar o que aprenderam nas zonas da província onde não haja enfermeiros e médicos para se prevenirem mortes de recém-nascidos.
O conhecimento em reanimação neo-natal, referiu, é importante para todos os profissionais da saúde das maternidades.

Tempo

Multimédia