Províncias

Recomendadas escolas em todos os municípios

Victor Pedro |Sumbe

Os participantes na Assembleia Provincial da Criança no Kwanza-sul, querem escolas em todos os municípios e arredores: “recomendamos a construção de escolas com 12 salas em todos os municípios, em substituição das escolas provisórias erguidas com material precário nas zonas recônditas das sedes municipais”.

Problemática da criança no Kwanza-Sul foi discutida em assembleia provincial
Fotografia: Victor Pedro |Sumbe

Os participantes na Assembleia Provincial da Criança no Kwanza-sul, querem escolas em todos os municípios e arredores: “recomendamos a construção de escolas com 12 salas em todos os municípios, em substituição das escolas provisórias erguidas com material precário nas zonas recônditas das sedes municipais”.
Os participantes recomendaram que as escolas do primeiro ciclo sejam apetrechadas e equipadas com bibliotecas e salas de informática. Sugeriram igualmente o aumento das acções de qualificação de professores e técnicos de saúde, com vista a prestarem serviços com qualidade.
Os membros do Conselho Provincial da Criança, reunidos no Sumbe, concluíram que no que toca ao Registo Civil, o processo abrange todos os municípios com pouca actuação por falta de recursos humanos, para cobrir todas as localidades.
No campo da saúde, o Governo Provincial do Kwanza-Sul comprometeu-se a construir centros de saúde com salas de parto, para responder às necessidades do sector.
Os participantes na assembleia sugeriram o alargamento da rede de educação pré-escolar e centros infantis para nessas escolas se desenvolverem programas de educação sexual, como forma de prevenção da gravidez precoce. Recomendaram também que as rádios comunitárias instaladas nos municípios divulguem informações respeitantes à criança.
A vice-governadora para esfera política e social, Fernanda Almeida, destacou a importância que o Executivo dá à criança, sem excluir o papel dos pais e chefes de família como elementos que servem de estímulo à criança no seu crescimento e desenvolvimento afectivo. Informou os participantes que o Executivo está a desenvolver esforços para materializar os programas e projectos dirigidos à criança, no sentido de melhorar as condições de vida e minimizar as suas carências. O encontro foi promovido pelo Instituto Nacional da Criança, decorreu no
Sumbe, sob o lema “pensar nacional, agir local” e contou com a participação de membros do Governo Provincial e e dos municípios do Sumbe, Porto Amboim, Amboim e Quibala.

Tempo

Multimédia