Províncias

Recomendado reforço de acções no Cuanza Sul

Carlos Bastos| Sumbe

O conselho da Direcção Provincial da Educação  do Cuanza Sul   recomendou sexta-feira, na cidade do Sumbe, ao Governo Provincial para redobrar de  esforços na construção de escolas e no enquadramento de novos professores.

Responsáveis da Educação no Cuanza Sul traçam novas estratégias de actuação
Fotografia: Carlos Bastos| Sumbe

Embora decorram acções para o enquadramento das crianças fora do sistema de ensino, os participantes ao encontro recomendam uma maior fiscalização e eficácia nos trabalhos de construção e apetrechamento de salas de aulas, assim como a realização de concursos públicos de ingresso de docentes e promoção de categorias.
Durante o encontro, os participantes foram informados  de que o processo educativo na província conta com 540 escolas e  5.134 salas, sendo as aulas para os 488.011 alunos asseguradas por   8.933 professores.
Os participantes tomaram conhecimento da redução dos valores disponibilizados para a merenda escolar na província do Cuanza Sul, que abrange 23.182 alunos de 65 instituições do ensino primário.
O conselho aconselhou as escolas do ensino primário a implementação com  rigor e zelo das metodologias de instrução, partilhada em seminários provinciais, para que, a partir do presente ano lectivo, todos os alunos tenham o domínio da leitura, da escrita e do cálculo.
Foi recomendada a necessidade da disponibilidade de programas e manuais nos diferentes níveis e subsistemas de ensino, reflexão sobre o pagamento das remunerações de direcção e chefia e dos subsídios dos alfabetizadores, além da questão do absentismo nas escolas, estágio dos finalistas das escolas de formação de professores e do magistério primário e dos concursos académicos.
Os participantes aconselharam as repartições municipais da Educação, os núcleos provincial e municipais de formação continua e a distância, bem como das zonas de influência pedagógica, para que supervisionem e monitorizem  as suas actividades.
Os participantes recomendaram  que, em cada repartição municipal, se efectue o levantamento nominal dos professores habilitados com a 12ª. classe, sem agregação pedagógica, cujas listas devem ser remetidas à Direcção Provincial da Educação. Sobre a cadeira de Educação Física, os participantes salientaram que, de acordo com as orientações metodológicas, as aulas e avaliações nesta área do saber sejam implementadas em 80 por cento com matéria prática e 20 por cento com teoria.
As coordenações de Educação Física nas escolas do secundo ciclo do ensino secundário, à semelhança de outras disciplinas, sejam delegadas aos professores que possuem formação específica e leccionem nesta área foi também recomendada pelo Conselho da Direcção Provincial de Educação, que orientou a criação de clubes de desporto escolar nas escolas do primeiro e segundo ciclos do ensino secundário geral, de formação de professores e de magistério primário e nos institutos médios técnicos.

Tempo

Multimédia