Províncias

Regras do contrato público explicadas aos funcionários

Manuel Tomás| Sumbe

A avaliação dos contratos administrativos a nível do Sumbe, vai conhecer uma melhoria bastante significativa, nos próximos dias, uma vez que 27 funcionários de diversas áreas daquela Administração municipal concluíram um curso sobre a matéria.

Quadros prontos para aplicar técnicas
Fotografia: Fernando Camilo| Sumbe

A administradora municipal adjunta do Sumbe, Elsa Lianlunga, avançou que o curso, promovido pelo Instituto de Formação da Administração Local (IFAL), visou munir os formandos de conhecimentos relativos à contratação pública e suas normas gerais. Na formação, que teve a duração de quatro dias, abordou-se ainda aspectos que se prendem com a fiscalização, empreitada em especial, ética na contratação, entre outros módulos.
“Toda a formação é importante porque contribui para o desenvolvimento das nossas habilidades técnicas e profissionais e aumenta a nossa capacidade para uma melhor utilização dos meios ou recursos ao nosso dispor”, consideraram os formados. A  administradora municipal adjunta do Sumbe disse que o Plano Nacional de Formação de Quadros, gizado pelo Executivo nas diferentes áreas da vida política, social, económica e cultural, tem dado resultados satisfatórios.
Sara Lianlunga assegurou que os conhecimentos adquiridos vão ser exigidos de forma prática e rigorosa àqueles que têm a responsabilidade de celebrarem os contratos na Administração Municipal do Sumbe.

Tempo

Multimédia