Províncias

Responsáveis de escolas participam em seminário

O discernimento das categorias de educação, instrução e ensino e o papel dos directores de escola na execução das políticas educativas na província estão a ser abordados em seminário, desde terça-feira e até domingo, no Sumbe, pelos responsáveis  de escolas do  primeiro e segundo ciclo.

A gestão das escolas exige o conhecimento de técnicas que permitam melhorar o ensino
Fotografia: Nilo Mateus

O discernimento das categorias de educação, instrução e ensino e o papel dos directores de escola na execução das políticas educativas na província estão a ser abordados em seminário, desde terça-feira e até domingo, no Sumbe, pelos responsáveis  de escolas do  primeiro e segundo ciclo.
O seminário sobre organização e gestão escolar  tem por objectivo melhorar o desempenho dos directores escolares com vista a responderem aos novos desafios que impõem a boa qualidade de ensino nas escolas.  Durante cinco dias, os participantes vão igualmente abordar temas relacionados com o discernimento das categorias de educação e as responsabilidades da escola de formação de professores na qualificação dos professores em serviço.
O processo de nivelamento e a qualificação pedagógica dos professores em serviço, apresentação de estratégias na administração dos processos, a estatística escolar como instrumento de base na planificação e desenvolvimento da qualidade de educação, gestão de recursos humanos no sector da educação, direitos e deveres dos funcionários, e a competência de liderança escolar, entre outros, constam dos temas a serem abordados. O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, Francisco Júnior, disse que todos os directores de escola são chamados a desenvolver uma gestão flexível, a redimensionar os recursos pedagógicos, a diversificar os ofertas educativas e fomentar a ajuda entre as crianças, para garantir o apoio aos alunos com dificuldades de aprendizagem e a estreitar as relações com os pais e a comunidade.
A boa gestão escolar depende sobretudo do envolvimento activo e criativo dos professores e auxiliares, referiu Francisco Júnior, tal como do desenvolvimento de uma cooperação eficaz e de um trabalho de equipa, destinado a satisfazer as necessidades dos alunos. Os directores das escolas têm uma responsabilidade especial na promoção de atitudes positivas por parte de toda a comunidade escolar e na colaboração entre professores e o pessoal de apoio.
A responsabilidade da direcção de escola na oferta de serviço educacionais de qualidade, cria um novo padrão de planeamento e enfatiza a necessidade de participação dos pais e encarregados de educação, respondendo assim aos actuais desafios da gestão escolar que exige dos directores e subdirectores novas referências de formação, de desempenho e de liderança.

Tempo

Multimédia