Províncias

Técnicos administrativos aumentam conhecimentos

Técnicos das administrações municipais da província do Kwanza-Sul estão a participar numa acção de formação desde segunda-feira, no Sumbe, sobre aspectos relacionados com a preparação de perfis de cada município.

Fundo de Apoio Social promove o encontro
Fotografia: Casimiro José|Sumbe

O representante do Fundo de Apoio Social (FAS) para a área de comunicação e imagem no Kwanza-Sul, Leonel Silva, revelou que estão presentes técnicos provenientes dos municípios da Quilenda, Ebo, Amboim, Conda e Porto Amboim.
Os referidos quadros estão a ser formados em matérias relacionadas com levantamento, análise e tratamento de dados relativos à elaboração dos perfis de cada município.
Promovida pelo Fundo de Apoio Social, a acção formativa, com duração de 15 dias, vai abordar, entre outros temas, noções de somatória, distribuição de frequência para variáveis discretas e contínuas, tabulações e gráficos. Vão, ainda, ser abordadas questões como medidas de tendências centrais e de dispersão, e noções básicas sobre amostragem.
O representante do FAS para a área de comunicação e imagem no Kwanza-Sul, Leonel Silva, afirmou que a formação se enquadra no programa do Instituto de Formação da Administração Local (IFAL),  que visa dotar os quadros da administração sobre matérias de liderança. Este é um processo que o FAS leva a cabo a nível central e provincial, tendo como premissa a criação de perfis de todos os municípios do país, numa colaboração entre o FAS e o IFAL.
Leonel Silva assegurou que os temas propostos respondem às exigências da administração central e local, na perspectiva de se apetrechar o funcionalismo público com ferramentas modernas.
O formador do IFAL, Afonso Conde, sublinhou que a presença dos referidos quadros municipais na acção formativa traduz o empenho do FAS na formação contínua dos recursos humanos das administrações.

Tempo

Multimédia