Províncias

Técnicos são formados para combater a malária

Victor Pedro | Sumbe

Um total de 20 técnicos de saúde em consultas pré-natal, dos 12 municípios da província do Kwanza-Sul, participa desde segunda-feira até domingo, no Sumbe,  numa acção formativa sobre prevenção da malária na gravidez e em mensagem chaves de IEC, AIDI e malária.

Quadros da saúde melhor preparados
Fotografia: Jornal de Angola

A acção formativa, promovida por uma empresa de consultoria de gestão e administração em saúde,  visa fortalecer os mecanismos de prevenção e o combate da malária na província do Kwanza-Sul, doença responsável pelas principais causas de mortalidade no país.
Os participantes vão abordar, entre outros temas, a mobilização comunitária, implementação do programa de  informação e educação comunitária (IEC), atenção integrada da infância (AIDI), conceitos básicos da fisiologia da gravidez, bem como fazer consulta pré-natal, complicações na gravidez e prevenir a malária na mulher grávida.
O coordenador do projecto na província, Paulo Neto, sublinhou que a especificidade da presente formação visa essencialmente dotar e capacitar os técnicos com meios essenciais no sentido de combater a malária nas mulheres grávidas e nos bebés recém-nascidos. “Com a acção formativa pretendemos capacitar melhor os técnicos da área”, disse. A acção vai igualmente contribuir para mudar o actual quadro da malária na província e reduzir consideravelmente a mortalidade que a­fecta mais as mulheres e crianças.
Até à presente data, o projecto de consultoria e gestão administração em saúde, Consaúde já formou, a nível da província, 178 técnicos nas diversas áreas de saúde, como laboratório, cuidados pré-natais, supervisão, gestão de casos, pontos focais e farmacêuticos.

Tempo

Multimédia