Províncias

União das associações defende o património

Manuel Tomás | Sumbe

A união das Associações Locais de Angola (Amangola) vai lançar, nos próximos dias, na província do Huambo, uma campanha nacional de sensibilização sobre a importância da conservação e protecção das infra-estruturas comunitárias, uma forma de preservar o património público, anunciou na cidade do Sumbe o presidente da instituição.

Associações vão promover uma campanha nacional sobre protecção de infra-estruturas
Fotografia: Francisco Bernardo

Job Capapinha esclareceu que a associação foi criada para apoiar o Governo nos estudos e trabalhos que põem fim ao subdesenvolvimento das comunidades. Também ajuda a identificar problemas e dá soluções viáveis para a melhoria do nível de vida da população.
A Amangola pretende desempenhar em todo o território nacional um papel relevante, coordenando acções com as administrações municipais, comunais, comissões de moradores, aldeias e outros sectores da sociedade na conservação das infra-estruturas sociais.
“As infra-estruturas sociais vão merecer acções para a sua conservação. Vamos preservar os passeios, jardins, tubagem da água potável, iluminação pública, escolas, centros e postos de saúde”, disse Job Capapinha. O governador do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, garantiu apoio à associação, por se tratar de mais um parceiro que se vai juntar ao Governo Provincial na solução dos problemas que afectam a população.
Eusébio de Brito Teixeira felicitou os novos membros da Amangola e encorajou-os a exercerem com zelo, empenho e responsabilidade as funções que lhes foram atribuídas.

Tempo

Multimédia