Províncias

Vendedoras aconselhadas a ter hábito de poupança

Victor Pedro/Sumbe

Vendedoras do mercado do Chingo,  na cidade do Sumbe, província do Cuanza-Sul, foram aconselhadas ontem, durante uma palestra, a fazer poupanças, através dos lucros das vendas diárias, para poderem aumentar o volume de negócio, ao invés de trabalhar apenas para o sustento das famílias.

Vendedoras aprenderam várias fórmulas de fazer negócio
Fotografia: victor pedro

O prelector da palestra sobre Educação Financeira, Mateus Santana, disse que as vendedoras devem ter conhecimentos teóricos sobre a gestão financeira. “Devem ter hábitos de poupança, através de uma conta bancária, para terem facilidades de acesso ao crédito bancário. Portanto, para isso, têm  de deixar de guardar o dinheiro do negócio em casa, até porque é um risco, pois em caso de incêndio ou outro tipo de tragédia, perde-se todo montante e consequentemente a vendedora vai  à falência”, disse.
As vendedoras foram informadas sobre importância do pagamento dos serviços de Segurança Social,  como o garante da protecção da sobrevivência financeira. “ As vendedoras devem também investir na formação técnico-profissional, com vista a criar outros negócios”, sublinhou.
A palestra que foi promovida pela Repartição dos Assuntos Sociais da Administração Municipal do Sumbe, contou com participação de técnicos da Administração Geral Tributária (AGT) e  funcionários da Administração Municipal local.

Tempo

Multimédia