Províncias

Laborinho exige rigor na gestão dos recursos

Pedro Suculate | Cabinda

O governador da província de Cabinda, Eugénio César Laborinho, exige dos novos administradores municipais, recentemente nomeados, maior rigor e transparência na gestação dos recursos financeiros alocados aos municí-pios, implementando métodos e acções viáveis, assentes na disciplina, dedicação, comunicação, espírito de equipa e prestação de contas, visando o bem-estar da população.

Eugénio César Laborinho, que falava na cerimónia da tomada de posse dos administradores de Cabinda, José Tomé, de Cacongo, Marta Issungo, e de responsáveis de distintos sectores do governo provincial, afirmou que a reestruturação do governo visa dar resposta, com firmeza, disciplina e responsabilidade, aos principais problemas que afligem a população na província de Cabinda.
Acrescentou que a acção dos novos responsáveis do governo provincial deve incidir na solução dos principais problemas que afligem os munícipes, imprimir maior dinâmica para dar resposta aos desafios do governo, fo-mentar a produção agrícola, o auto-emprego e a criação de rendimento, no âmbito do Programa de Combate à Fome e à Pobreza. Para o cumprimento desse desiderato, segundo o governador, é imperioso que os novos responsáveis exerçam uma governação de proximidade, auscultando a população, elaborando políticas viáveis e concretas, através de parcerias público-privadas, bem como o incentivo ao empreendedorismo, para o desenvolvimento económico da província.
O governador nomeou e conferiu também posse aos directores do Gabinete Jurídico e Intercâmbio e de Inspecção do Governo da Província, nomeadamente Carlos Sambo e Paulo Luemba, enquanto Jorge Casimiro Congo foi nomeado para exercer o cargo de secretário provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, Isabel Buca Vicente para o cargo de secretária provincial da Administração Pública, Emprego e Segurança Social.  
Maria Victor Tati é a nova secretária provincial da Saúde, Juliano Cuabi Nionge Capita tomou posse no cargo de secretário provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos Sólidos e Serviços Comunitários e Paulo Luvambano como secretário provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos do Governo de Cabinda.

Tempo

Multimédia