Províncias

Bairro dos Mulenvos com novas ligações

Arcângela Rodrigues |

A Empresa Públicas de Águas (EPAL) fez ontem, em Luanda, 6.600 novas ligações domiciliárias desde o Quilómetro 9B até ao Quilómetro, 14 na zona da Bananeira, bairro dos Mulenvos. 

O presidente do conselho de Administração da EPAL informou que já foram realizadas 76 mil ligações no bairro dos Mulenvos. “Estamos a criar esforços no sentido de que até o final deste mês concluímos com o nosso trabalho nos Mulenvos”, acrescentou.
Lionídio Ceita disse que os objectivos ainda não foram alcançados mas sentimo-nos satisfeitos porque a EPAL tem restituído a esperança de dias melhores a todos os munícipes que nunca tiveram água ao domicílio.
O presidente do conselho de Administração da EPAL tranquilizou os munícipes: “os clientes que não estão em condições de pagar o contrato na sua totalidade podem fazê-lo aos poucos, mas não devem passar os seis meses”.  
Lionídio Ceita apelou aos clientes para cumprirem as suas obrigações porque a partir do mês de Janeiro, a EPAL vai efectuar cortes de água a quem não pagar o consumo.
O administrador adjunto para a área técnica, infra-estruturas e serviços comunitários de Viana, Crisóstomo Martinho, disse que a água é uma necessidade básica e as periferias urbanas são as mas afectadas. ,

Tempo

Multimédia